sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Impactos ambientais das atividades de aviação


A preocupação com o meio ambiente tem sido uma tônica nos assuntos atuais relacionados a aviação, principalmente no que diz respeito a emissão de poluentes na atmosfera através das aeronaves. Mas não se trata somente de emissão de gases poluentes, a questão ambiental é muito mais abrangente e carece de políticas e estudos eficazes diversificados sobre os impactos ambientais dessa atividade.
Dentre alguns dos problemas que devem ser estudados, analisados e compreendidos para que se possa adotar as medidas corretas para a prevenção do meio ambiente podemos citar os seguintes:

a) Ruído de aeronaves;
b)Qualidade do ar no entorno dos aeroportos;
c)Problemas ambientais globais decorrentes do uso do aeroporto;
d)Problemas ambientais decorrentes de acidentes/ incidentes com aeronaves envolvendo mercadorias perigosas e procedimentos de emergência.

Desde a década de 80 que há uma preocupação com a substituição de aeronaves ruidosas por aeronaves mais silenciosas. No entanto, o aumento do trafego de aeronaves nos aeroportos vem trazendo, em uma curva crescente, o problema do ruído e , em alguns casos, esse tem sido um dos motivos que impedem a expansão da capacidade operacional dos aeroportos. As autoridades brasileiras e mundiais estão preocupadas, devido a imposição internacional de regras para a preservação do meio ambiente e, o tratado de Kyoto,neste aspecto, tem contribuído para a aceleração de programas de preservação ambiental na aviação.
Outros aspectos como a qualidade do ar no entorno dos aeroportos, que é afetada pelas emissões dos motores das aeronaves, emissões dos veículos motores do aeroporto e pelo tráfego de acesso, emissões de outras fontes (ex:centrais de aquecimento/energia e incineradores) e a disposição dos materiais ambientalmente perigosos usados nos reparos e manutenção de aeronaves como óleos, líquidos para a limpeza e tintas, resíduos do aeroporto e das aeronaves que chegam, devem ser geridos com eficiência.

O maior problema para atender às exigências legais é que a maioria dos aeroportos já construídos não atendem as legislações atuais sobre proteção ambiental e qualquer modificação efetuada nas atuais instalações aeroportuárias para atendê-las torna-se muito onerosa. O ideal seria que novos aeroportos fossem construídos dentro das diretrizes e padrões de qualidade ambiental e aos poucos substituíssem os atuais aeroportos, mas isto seria um projeto para muitos anos e depende de vontade política, além de disponibilidade econômica para investimento e concretização das obras.
Foto: Aeroporto internacional do Rio de Janeiro-Galeão


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua para o desenvolvimento da aviação civil brasileira.Deixe aqui seu comentário.