sábado, 3 de outubro de 2009

Boeing forma mecânicos de manutenção na China

O Centro de Treinamento Técnico da Boeing em Xangai , China, formou em agosto último, 35 técnicos visando cumprir o início dos requisitos para atender a demanda de 3770 novas aeronaves que serão entregues nesse país ao longo dos próximo 20 anos. Este programa altamente bem sucedido , que começou no ano passado, já formou 93 técnicos que estarão na demanda de um mercado onde as horas de manutenção deverão crescer entre 8 a 10 por cento nos próximo 5 anos.
Paul Niles, gerente de programas de treinamento em Xangai,disse que o ambiente de aprendizagem estruturado no Centro de Treinamento técnico , não só ensina aos alunos os conhecimentos teóricos necessários para realizar o trabalho, mas inclui uma grande quantidade de treinamento prático . Niles disse ainda que os alunos aprendem muito também sobre como se comunicar em um ambiente de trabalho em equipe que é fundamental para as tarefas de manutenção de aeronaves.
Como se nota nessa matéria, a Boeing está um passo a frente na questão de formação de mecânicos. A preocupação com a perspectiva de um volume grande de vendas de aeronaves para a China faz com que estratégias de mercado sejam lançadas com bastante antecedência . Como a América do Sul tem ainda muitas aeronaves Boeing em operação, mas as novas aquisições para o futuro em nosso continente tendem a ser como opções a Airbus e Embraer , estes poderiam traçar estratégias semelhantes para a formação de mecânicos por aqui.
Fonte : Training & Flight Services FLIGHT PLAN october 2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua para o desenvolvimento da aviação civil brasileira.Deixe aqui seu comentário.