quinta-feira, 27 de julho de 2017

Assistam esta paródia !!!



https://www.youtube.com/watch?v=3gQsObJYBGQ&feature=youtu.be

terça-feira, 18 de julho de 2017

Treinamento de motores aeronáuticos e pesquisa de panes ministrado por especialista. Aprenda com quem realmente sabe!


terça-feira, 20 de junho de 2017

Vamos falar um pouco mais sobre a EASA.






A Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA) é uma agência da União Europeia (UE) com tarefas regulamentares e executivas no domínio da segurança da aviação civil. Com sede em Colônia, na Alemanha, a EASA foi criada em 15 de julho de 2002, e atingiu total funcionalidade em 2008, assumindo funções da antiga JAA. Os países da Associação Europeia de Livre Comércio  (EFTA) receberam participação na agência.
As responsabilidades da EASA incluem a análise e pesquisa de segurança, autorizando operadores estrangeiros, assessorando a elaboração da legislação da UE, implementando e monitorando regras de segurança (incluindo inspeções nos estados membros), dando certificação de tipo de aeronave e componentes, bem como a aprovação de organizações envolvidas na concepção, fabricação e manutenção de produtos aeronáuticos.
São 32 os Estados membros da UE que são submetidos às regras da EASA. Importante salientar que nem toda a UE responde para  a EASA. Alguns países, principalmente os do leste europeu seguem as regras das autoridades aeronáuticas locais. 
Para cumprir o regulamento EASA, principalmente no que tange a formação de mão de obra de manutenção, os países que são signatários tiveram que fazer ajustes nas suas regras internas para que a formação e a qualificação dos profissionais de aviação fossem adequadas às novas regras de segurança que a autoridade europeia implantou. Como exemplo, podemos ver como Portugal teve que atuar para fazer a conversão das licenças emitida pelo INAC em Certificações reconhecidas pela EASA. Acessem o link abaixo e observem  a CIRCULAR DE INFORMAÇÃO AERONÁUTICA emitida pelo INAC em 2005:


Em breve traremos mais  informações sobre como funciona a EASA.
 

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Arquivo do Blog- Todas as postagens desde 2007

Pessoal, na coluna da direita deste blog tem um arquivo onde vocês poderão encontrar as postagens mais antigas desde novembro de 2007. Muitos dos temas ainda são atuais e aconselho a todos que façam-nos uma visita.
Grande abraço a todos e boa leitura.

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Recursos Humanos na aviação: Como motivar ?



Dizem que motivar é a essência para que as Organizações alcancem os resultados necessários, mas o que é Motivação ?


Motivação é um impulso que faz com que as pessoas ajam para atingir seus objetivos.


Fenômenos emocionais , biológicos e sociais são os responsáveis por gerarem motivação ou desmotivação. A motivação é um processo responsável por iniciar, direcionar e manter comportamentos relacionados com o cumprimento dos objetivos , é o que faz com que os indivíduos dêem o melhor de si para alcançar as metas.


A motivação é essencial para o desenvolvimento do ser humano, pois se não for através dela será muito mais difícil cumprir algumas tarefas. É muito importante ter motivação para estudar, para fazer exercício físico, para trabalhar, etc.


Geralmente as organizações estudam as melhores maneiras de motivarem seus funcionários, mas quase sempre esquecem de levar em consideração que os fatores motivacionais podem mudar a todo instante.


A motivação pode acontecer através de uma força interior (fagulha) , ou seja, cada pessoa tem a capacidade de se motivar ou desmotivar, também chamada de auto-motivação, ou motivação intrínseca. Há também a motivação extrínseca, que é aquela gerada pelo ambiente que a pessoa vive, o que ocorre na vida dela influencia em sua motivação.


Baseado nessas premissas da motivação, gostaria de trazer para vocês uma reflexão de como a motivação pode ser alimentada diariamente na vida dos funcionários de empresas de manutenção de aeronaves, empresas aéreas e demais empresas da aviação.

O ambiente da aviação é por si só um ambiente desafiador. Como qualquer desafio, envolve adrenalina, emoção, estresse e determinação. Quem opta por trabalhar na aviação vai se deparar com essas situações diariamente e tem que estar determinado a enfrentá-las para vencer. Para isso é necessário que se mantenham motivados todos os dias.

Há aquelas pessoas que desenvolveram uma grande paixão pela aviação desde criança quando viam aquele objeto metálico imenso voando pelo céu como se fosse um pássaro. Quem nunca se admirou ao ver uma aeronave voando ou mesmo estacionada no pátio de um aeroporto? Que coisa magnífica! Que invenção humana! Para essas pessoas a aviação é um sonho , uma realidade, uma vida.

Há outras pessoas que se aproximaram da aviação por diversos caminhos como por exemplo: através de indicação de algum parente ou amigo, oportunidade como primeiro emprego ou por pura curiosidade. Essas pessoas , apesar de não terem sonhado em trabalhar na aviação, quando entraram em contato com esse mundo acabaram se apaixonando. Por isso dizemos que a aviação é "como se fosse uma cachaça ". Quem a experimente não quer largar. Torna-se um vício.

Quem tem amor a aviação e trabalha nesse meio tem nas veias o "vírus" dessa atividade tão ímpar. A motivação maior está em ver o resultado do seu trabalho toda vez que uma aeronave decola e pousa em segurança.

Nessa atividade que se chama aviação, existem várias profissões, no entanto, todas convergem para uma única finalidade: voar.

O que motiva tanto esses profissionais? São os salários ? Pode ser, pois na aviação não temos os melhores salários do mercado,mas também não são os piores. Mas será que é somente por salário que o homem (ser) trabalha? Será que é somente o dinheiro que faz com que os profissionais dessa área se sintam motivados a trabalhar todos os dias dando o seu melhor por aquilo que faz? Não, não é somente por essa razão. Os profissionais da aviação possuem aquela fagulha dentro de si que ao escutar o giro dos motores, o agito dos saguões dos aeroportos, das pistas, ao visualizarem as luzes sinalizadoras acesas, ao escutarem a fonia e tudo o mais que envolve esse ambiente, essa fagulha se torna uma chama que aquece por completo o profissional e o faz viver em poucos instantes sensações indescritíveis. É como se fôssemos deuses que estão próximos das nuvens e que ajudam a aeronave a voar. Por alguns instantes, o mundo aqui fora parece não existir. Não existe nada que interfira no desejo, na vontade de fazer tudo certo para que não dê atraso e que os passageiros possam voar em segurança. Sejam pilotos, mecânicos , pessoal de apoio, check in, safety e security... todos querem a mesma coisa; ver a aeronave voar em perfeitas condições com os passageiros à bordo e em segurança. Não dá para explicar utilizando a razão o que acontece nesse meio.

Então, o que fazer para manter as pessoas que trabalham na aviação motivadas constantemente? Simples. Deixem o ambiente com as características da aviação. Não tirem o encanto. Não destruam a mística mais antiga do homem (conhecer o céu) e o desejo latente de voar. Valorizem o profissional. Respeite-os e invista neles. Deixe-os acreditar naquilo que fazem , agradeça-os pelo talento e responsabilidade que possuem e a motivação se realimentará todos os dias.

A aviação merece respeito. As pessoas merecem respeito. Os profissionais são de respeito.

Respeitar, valorizar, prestigiar, agradecer e se interessar pelo que os profissionais fazem deixam todos motivados a trabalhar cada vez melhor. Pensem nisso.

sábado, 29 de abril de 2017

EASA Chega ao Brasil


Prezados,
A Escola Sky Leader  de Guarulhos/São Paulo tem novidades boas sobre a formação EASA aqui no Brasil. Acesse o link abaixo para conferir.
http://skyleader.com.br/sem-categoria/easa-chega-ao-brasil

sábado, 22 de outubro de 2016

O fator Formação na liderança de equipes de manutenção aeronáutica




Liderar significa estar à frente de uma equipe. Liderar é o ato de organizar, orientar, acompanhar e controlar um grupo de pessoas para que os objetivos sejam alcançados.  Liderar não é tarefa fácil, aliás é complexo demais, pois comandar pessoas exige técnica, conhecimento, compreensão, dedicação e acima de tudo gostar de trabalhar com pessoas. Se você não possui essas características certamente não conseguira exercer a função de liderança com eficiência.
Um dos maiores erros encontrados na manutenção aeronáutica é achar que um excelente técnico obrigatoriamente será um bom líder. Isso é um erro clássico cometido na maioria das empresas. Nem sempre alguém que se apresenta com boas qualidades técnicas consegue ter uma visão administrativa ou desenvolver as competências necessárias para a liderança. No entanto, as empresas por não terem outra alternativa se veem obrigadas por muitas vezes a colocar mecânicos mais experientes e, que são altamente capacitados tecnicamente, para exercerem a função de líder onde  nem sempre conseguem os resultados esperados. Isto gera os seguintes problemas para a organização:

-  A empresa perde o potencial do mecânico que antes executava as tarefas com maestria e na maioria das vezes não tem “peças de reposição”, ou seja, não tem outro mecânico com a mesma capacidade técnica para substituir o profissional que passou a líder gerando uma perda considerável na capacidade produtiva;
- O profissional promovido não tem as competências necessárias e não consegue fazer a equipe produzir como deveria gerando um custo para a empresa que muitas vezes não não tem retorno;



Para evitar estas situações, as organizações de manutenção aeronáutica deveriam manter programas de formação de líderes identificando os profissionais que teriam as competências necessárias para serem futuros líderes de manutenção. Ao mesmo tempo, as escolas e universidades teriam que desenvolver uma grade curricular e disciplinas que fossem voltadas para a formação de líderes na aviação. Na verdade, o Brasil caminha a “passos de tartaruga” no que tange a criação de centros formadores de profissionais de manutenção aeronáutica. Enquanto em outros países da Europa , América do Norte e alguns da Ásia existem Centros de Treinamento e Formação de profissionais em várias disciplinas, aqui no Brasil são raros os cursos de nível técnico e/ou superior voltados para a área de aviação. Ou lutamos pela implementação de uma política educacional na área de aviação ou teremos em um futuro breve a dizimação de várias categorias de profissionais, dentre elas, as de mecânicos de manutenção de aeronaves e de líderes de equipes.      

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Como se tornar um mecânico de aeronaves?


 Devido a vários pedidos deixados pelos nossos seguidores no blog, publicamos abaixo o link da ANAC para esclarecimentos sobre os requisitos para se tornar um mecânico de manutenção de aeronaves. 

Segue link com lista de escolas de aviação civil espalhadas pelo Brasil.

http://canalpiloto.com.br/instituicoes/

O que é importante saber sobre frenar parafusos?

http://www.ebah.com.br/content/ABAAAAkyUAK/06-materiais-aviacao?part=9

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Mecânicos de avião passam a ser formados na Unicesumar


Laboratório montado dentro dos padrões aeronáuticos foi inaugurado no final de ano.

Com uma estrutura completa que segue os padrões aeronáuticos atuais, a Unicesumar inaugurou no final do ano o laboratório onde os estudantes de tecnologia em manutenção de aeronaves passam a exercer a prática. São três anos de formação e está em andamento a primeira turma do curso.
Além de peças e componentes aeronáuticos, motores, sistemas e ferramentaria em geral, o hangar é dotado de um avião Cessna 310 com todas as condições para que os alunos desenvolvam o aprendizado nas três principais áreas de atuação, ou seja, na parte física do avião, chamada de célula, manutenção de motores, componentes eletrônicos e de controle dos aviões, explica o coordenador do curso César Mello.
No final do ano, executivos da Embraer visitaram o laboratório e aprovaram as condições. O engenheiro Marcelo Herrerin disse que a estrutura é muito boa e assinalou a possibilidade de futuras parcerias entre a Empresa Brasileira de Aeronáutica e a Unicesumar.
O curso é único na região a oferecer a formação superior para mecânicos de avião. O superintendente do Aeroporto Regional de Maringá, Fernando Camargo, que também visitou o laboratório da instituição, disse que o curso dá suporte para que o município concretize o projeto de se tornar um polo de aviação com a instalação de indústrias e oficinas aeronáuticas.
Mais informações acesse o site: http://www.unicesumar.edu.br/site.php

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

A China mostra seu potencial !


A  fabricante estatal de aeronaves chinesa Comac (Commercial Aircraft Corporation of China),  apresentou nesta segunda-feira (2) o C919, a maior aeronave comercial já desenvolvida na China e que pretende concorrer como modelos similares da Airbus e Boeing.O evento de apresentação da nova aeronave (roll-out) foi realizado nas instalações da Comac, próximo ao Aeroporto Internacional de Pudong, em Xangai, e contou com a presença de 5.000 convidados. O C919 é um jato de fuselagem estreita (“narrow-body”), bimotor e corredor único. Segundo a fabricante chinesa, a versão básica pode acomodar 158 passageiros divididos em duas classes ou 168 em classe única. A Comac ainda sugere uma configuração de “alta densidade”, com 174 assentos. Já o alcance do modelo padrão é 4.075 km ou 5.500 km na versão de alcance estendido “C919 All ECO”.


MÊS DE ANIVERSÁRIO DO BLOG


Novembro é o mês de aniversário do blog e estaremos completando 8 anos de trabalho. Gostaríamos de compartilhar com nossos seguidores e amigos leitores a felicidade de os ter conosco nesta caminhada de muitos desafios e de muita perseverança. Participem dando sugestões de postagens e fazendo comentários sobre os artigos já postados para que possamos continuamente melhorar nossa comunicação e difundir os conhecimentos sobre a atividade da manutenção de aeronaves e  da aviação civil em geral.