sexta-feira, 3 de abril de 2020

Aeronaves de passageiros paradas no momento em todo o mundo beira o montante de 13 mil.


Não, não consigo ficar inerte a tudo que está acontecendo no mundo neste momento. Estamos vivendo um evento que vai ficar para a história e daqui uns 100 anos as gerações futuras terão mais condições de saber o que realmente está acontecendo conosco do que nós mesmos que estamos o vivenciando agora. Isso é meio louco, mas é verdade.
Talvez fiquemos marcados na história como a civilização do pânico ou a civilização do caos. Talvez como a civilização orientada pela mídia ou a civilização em que tudo crê. Quem sabe não seremos rotulados de alienados ou de superevoluidos? Ninguém sabe o que a história irá contar sobre nós aos nossos descendentes. O certo é , sem sombra de dúvidas, que é um fato histórico que não será esquecido. E não será esquecido porque? Será pelo números de mortos ocasionados por um vírus que "surgiu" na China? Será pelo número de pessoas contagiadas? Será pelas ações de prevenção tomadas em todo o mundo? Será pelo caos econômico gerado por essas ações ou pelo grande crescimento econômico do pós Corona Virus? Será pelos novos movimentos políticos ou pelas novas tecnologias inventadas e aprimoradas? Será pelas doenças mil que surgirão após este evento ou pela nova forma de convívio Social? Não sabemos. Ainda não sabemos. O certo é que temos hoje um vasto material para estudos e análises aprofundadas sobre o comportamento humano diante do pânico.
Fico analisando todas as notícias que chegam diariamente de todos os cantos do planeta e tento entender o que realmente está acontecendo. Entendo que a prevenção seja o melhor caminho sempre, assim como nós mecânicos sabemos bem disso no nosso dia a dia de trabalho com as aeronaves. Transportando esse conceito para a área da saúde vemos que isso é mais importante ainda, mas é pesaroso ver que com tanta evolução da ciência ainda temos que nos deparar com uma pandemia como esta que está a ocorrer no mundo todo.   
A aviação, assim como as demais atividades em todo o planeta, está reduzindo suas atividades e/ou parando. Podemos dizer que o mundo parou literalmente. Muitos profissionais estão neste momento vendo um futuro sombrio e não tiro a razão deles. Temos que ser otimistas, mas temos que ser realistas ao mesmo tempo. O que será deste mundo após tudo isso? Alguma perspectiva? Será que algum mago da economia pode ver algo diferente do que "trabalho escravo"? Será que as pessoas que perderam os empregos nesta crise terão o mesmo nível salarial de agora caso consigam emprego novamente? O Estado suportará muito tempo sem cobrar mais impostos? O sistema de saúde, como em um passe de mágica, irá conseguir atender a massa de doentes que surgirá neste período de quarentena por doenças múltiplas? O sistema de segurança social irá garantir os benefícios dos reformados/aposentados? Tem algum economista que poderia traçar um cenário positivo para o futuro próximo? Eu não sou economista , e por tanto, minha visão de futuro é algo não muito bom, mas sempre com esperanças de que um caminho será encontrado. Na minha opinião, e deixo bem claro aqui que opinião não é proibida de ser emitida e nem tão pouco pode ser aceita como verdade absoluta, penso que o mundo realmente não será mais o mesmo e muita coisa irá mudar principalmente em relação ao campo econômico e comportamental das pessoas que consomem bens e serviços. Vamos ter que nos preparar para sermos bem criativos e pacientes para superar a "nova onda" que virá após tudo isso que estamos vivendo agora. Penso que a aviação também se reinventará e que os profissionais que agora vivenciam este cenário terão forças para superar os novos desafios. Espero que governos e empresas se unam para traçar novas políticas de sustentabilidade da nossa atividade e das demais atividades econômicas. O mundo ainda não acabou. Ainda não é o fim de tudo, mas precisaremos de muita força e persistência para superar e reerguê-lo.
 Imagens mostram cenário nunca visto no Aeroporto de Lisboa e ... 
foto:  https://www.cmjornal.pt/sociedade/detalhe/de-90-destinos-para-apenas-15-imagens-mostram-cenario-nunca-visto-no-aeroporto-de-lisboa-e-dezenas-de-avioes-parados

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua para o desenvolvimento da aviação civil brasileira.Deixe aqui seu comentário.