domingo, 15 de julho de 2012

EWIS , um novo enfoque para manutenção e inspeção de fiação em aeronaves

 Antes de dois grandes acidentes da aviação mundial , o vôo 800 da TWA e Swissair 111, a fiação dos sistemas e componentes de aeronaves era uma preocupação menor. Após a análise destes acidentes foi fundado um comitê chamado de ATSRAC que reuniria os líderes da indústria aeronáutica para examinar o estado atual dos sistemas elétricos de aeronaves.As preocupações com a segurança nos sistemas de cabeamento em aviões foram trazidas  para o centro das atenções  devido ao resultado da investigação do acidente da TWA onde a aeronave B747 explodiu em pleno ar. A ignição de vapores inflamáveis no tanque foi a provável causa da explosão e o motivo foi a falha na fiação que provocou um curto circuito provocando o centelhamento dentro do tanque. Outro acidente com um MD-11 da Swissair também teve como fator relevante falhas na fiação elétrica. Exames posteriores em outras aeroanves mostrou uma coleção de problemas semelhante devido a deterioração de cablagens , instalação inadequada,contaminação das cablagens por elementos corrosivos, etc.
Para desenvolver uma pesquisa que solucionasse estes problemas, a FAA financiou uma série de estudos envolvendo a análise atual do estado das fiações nas aeronaves que já tinha uma longa operação . A EASA, autoridade européia,  por sua vez partiu para a melhora dos procedimetos de manutenção e treinamento
do pessoal envolvido para reduzir a probalidade de incidentes graves ou acidentes causados por essas falhas de fiação. Hoje temos o programa de treinamento de EWIS - Electrical Wiring Interconnecting  Systems, que visa informar aos técnicos envolvidos a manutenção de aeronaves sobre os procedimentos adequados para a manutenção e inspeção de todos os sistemas que são interconectados por algumtipo de fiação elétrica. As empresas aéreas que voam para Estados Unidos e Europa devem fornecer este tipo de treinamento aos seus funcionários de manutenção assim como as empresas de manutenção que efetuam manutenção em aeronaves provenientes dessas regiões.A Anac ainda não cobre estes procedimentos,mas em breve terá uma legislação apropriada, pois isto garante a segurança da aviação.
 


domingo, 1 de julho de 2012

CONQUEST LSA – O PRIMEIRO LSA BRASILEIRO

A INPAER, empresa localizada no Aeroporto dos Amarais em Campinas, SP, acaba de lançar no mercado aeronáutico a primeira aeronave concebida e desenvolvida no Brasil no novo padrão de normas brasileiras para aviação leve (ALE), o CONQUEST 180 LSA.
Esse projeto teve inicio meses antes dessas novas normas entrarem no ordenamento jurídico brasileiro. A empresa, apostando que o padrão da FAA dos Estados Unidos seria utilizado no Brasil, iniciou o desenvolvimento da aeronave no início de 2011. Trata-se de um projeto desenvolvido com a tecnologia SolidWorks. Com essa tecnologia foi possível realizar em computador as diversas simulações necessárias para encontrar os dados ideais para a confecção do protótipo.
Para a concretização desse projeto, a INPAER iniciou uma busca mundial por novos métodos de construção, realizando visitas em diversos países a fim de ter uma visão globalizada do produto, conhecendo a realidade de outras empresas em países como a França e os Estados Unidos.
Essa experiência internacional, aliada aos conhecimentos acumulados em mais de 300 aeronaves produzidas e ainda aos 30 anos de experiência do proprietário da INPAER foram fundamentais à concretização do Conquest 180 LSA.
Importante destacar que para a materialização do projeto, a INPAER não poupou investimentos. Uma nova e moderna fábrica com 5.000 metros/2 no município de São João da Boa Vista, SP foi construída e é o local do nascimento de 10 novas aeronaves por mês. Nessas instalações foi construído um moderno centro de usinagem com a mais moderna tecnologia de usinagem industrial. Com isso, a Inpaer passou a produzir todos os componentes da aeronave, retirando da cadeia produtiva terceiros, aumentando a qualidade e a padronização das peças que compõem o CONQUEST 180 LSA.
A nova aeronave tem peso máximo de decolagem de 600kg, incluindo combustível, piloto e passageiro, cruza os céus com velocidade de 220km/h ou 120kt e tem autonomia de aproximadamente 1.200 km. Dentre as diversas possibilidades de motorização disponíveis no mercado, a INPAER certificou o CONQUEST 180 LSA com o já consagrado e confiável motor ROTAX 912 S que disponibiliza 100HP. O preço inicial dessa aeronave é R$ 195.000,00 e o prazo de entrega atualmente é de 6 meses.
Vale ainda destacar que a empresa já tem preço de revisões definidos, o que evita surpresas e dá ao comprador e cliente a possibilidade de prever os custos da aeronave ao longo do tempo.
A procura pelo novo modelo superou até as expectativas mais otimistas, transformando-se em um absoluto sucesso de vendas. Apesar do prazo de 6 meses previsto para a montagem, os novos investimentos em maquinário e pessoal deverá diminuir esse tempo para aproximadamente 3 meses já no início de 2013.
Todos esses investimentos e trabalho da INPAER têm intenções mais ambiciosas. Com o perfeito enquadramento nas normas da FAA, o CONQUEST 180 LSA já nasce pronto para o mercado internacional. A empresa a partir de 2013, visando conquistar espaço nesse concorrido mercado, já tem programado a participação em feiras e exposições na América do Norte e na Europa.
Após esse lançamento, novos projetos já estão nos computadores dos engenheiros da empresa e em breve lançamentos irão surpreender o mercado.
A superação de desafios sempre foi a característica dessa empresa que em apenas 10 anos de existência conquistou seu espaço no cenário aeronáutico brasileiro.