Simulados para a ANAC

Para aqueles que pretendem realizar estudos extras para preparação às provas da ANAC , indico uma visita ao blog do meu amigo Heinz http://hangardoheinz.blogspot.com/, pois há uma seção só de questões (simulados).

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Materiais de Aviação e Processos

Quem acessa o nosso blog com frequência já deve ter lido na caixa de mensagens algumas sugestões de seguidores para assuntos a serem abordados aqui neste espaço. Pois bem , hoje atendendo ao nosso amigo Heinz , brilhante aluno do SENAI São José de Florianópolis, vamos falar um pouco sobre materiais de aviação e processos. Vamos fazer aqui apenas breves comentários sobre este tema , pois este é um assunto bem extenso e depende de várias postagens para uma compreensão mais apurada.

Sabemos que a aviação tem como premissa básica a segurança e, sem segurança ,não se consegue voar por muito tempo. Para se manter a segurança de voo é necessário um conjunto de ações que vão desde o projeto inicial para a construção de um protótipo até qualificação das pessoas envolvidas em cada estágio que vai desde a concepção até a operação de uma aeronave. Os materias utilizados nas aeronaves passam por um processo intenso de testes e inspeções que garantem a confiabilidade necessária para que possam ser instalados nas aeronaves e funcionarem perfeitamente. A importância dos materiais de aviação é muitas vezes desprezada devido ao seu pequeno tamanho; entretanto, a segurança e a eficiência da operação de uma aeronave depende de uma correta seleção e, uso adequado do material de aviação, assim como o conhecimento e a utilização dos processos adequados a esse material.
Todos os materiais utilizados em aviação devem ser devidamente homologados e seguir padrões estabelecidos pelas autoridades aeronáuticas e pelos centros tecnológicos responsáveis pelas homologações destes materiais (aqui no Brasil temos o CTA - Centro Tecnológico Aeronáutico) .
Materiais de aviação é um termo muito abrangente e , por tanto, possui uma série de classificações. Nos cursos de formação de mecânicos de manutenção aeronáutica há uma disciplina denominada MATERIAIS DE AVIAÇÃO E PROCESSOS onde contém informações sobre alguns tipos de materiais como parafusos, porcas, arruelas, prendedores, anél de pressão,rebites,processos de inspeção , controle de corrosão e etc. Estes materiais são de grande importância para a segurança de uma aeronave. Sua fabricação, utilização e controle devem seguir uma série de requisitos e procedimentos que irão garantir a qualidade e eficiência quando instalados em um avião ou helicóptero. Um simples parafuso que é utilizado na aviação deverá passar por uma infinidade de testes e seguir as normas técnicas estabelecidas para sua confecção além de possuir toda a rastreabilidade necessária. Rastreabilidade é a condição que se tem através de um código ( PN/SN/ Lote, etc) sabermos desde o tipo de material do qual é confeccionado , teste efetuado , dimensões, tolerâncias , fabricante e demais características.

Pessoal, como falamos no inicio desta postagem , este é um assunto bastante extenso. por hoje paramos por aqui, mas voltaremos com mais informações para todos vocês.

Lembrem-se: A aviação só é a aviação por que existem profissionais que a fazem voar.

sábado, 12 de fevereiro de 2011

"Caveirão Blindado" no céu carioca

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) liberou na sexta-feira (4/02) a autorização para o voo do novo helicóptero blindado comprado pela Secretaria de Segurança Pública do Rio de Janeiro e incorporado à frota da Polícia Militar.
A aeronave, de modelo Huey Two e fabricação americana, tem capacidade para transportar dois pilotos e até 13 tripulantes. O helicóptero vai auxiliar nas operações policiais em áreas de conflito, além de ser utilizado em resgates. A blindagem do Huey, o mais moderno helicóptero em operação no país, suporta até tiros de fuzil, segundo o subcomandante do GAM, tenente-coronel Miguel Francisco Ramos.
A aeronave é considerada o maior reforço contra o crime para este ano. O blindado, adquirido pela pasta de segurança por R$ 12 milhões, vem dos Estados Unidos, após mais de 50 horas de voo.
Diferentemente do helicóptero Esquilo, usado pela PM, que é feito em fibra e tem capacidade para dois pilotos e quatro tripulantes, o Huey II é uma aeronave de guerra, cuja blindagem suporta tiros de fuzil calibre 7.62 e até de metralhadoras ponto 30, além de ter capacidade para transportar até 13 pessoas: dois pilotos e 11 tripulantes. Em operações em favelas, no entanto, o helicóptero vai atuar com oito tripulantes.
Com o Huey II, a PM pode fazer até operações à noite, já que terá equipamento de câmera com visão noturna e os pilotos também terão este tipo visão. A pintura, em cinza esverdeado, muda de acordo com o ângulo de visão. Além disso, haverá farol de busca e fast hope, uma corda em que o policial tem mais agilidade para descer do que o rapel, utilizando somente luvas especiais.

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

O ano que só nós tivemos lucro

A Varig acabou e parece ter desaparecido no passado recente da história da aviação brasileira. Incrível como uma empresa do porte da VARIG sumiu do mapa. Na verdade o grupo Varig foi um dos grupos mais fortes na aviação civil mundial. Nunca entendi o porque de até hoje ninguém ter escrito sobre os últimos anos deste grupo e ontem ao embarcar para Porto Alegre no aeroporto internacional do Rio de Janeiro , como de costume, passei em uma livraria, pois gosto muito de livros e encontrei um livro muito legal que tem o título desta postagem. Enfim alguém que tras a tona uma história rica sobre o que foi o grupo VARIG em especial sobre uma das empresas que faziam parte desse grupo que foi a Nordeste.
Alexandre Camargo , responsável pelo Marketing da Nordeste naquela época relata de uma forma muito legal sua passagem por este grupo, seus êxitos e o fim do que foi um verdadeiro império da Aviação . Recomendo a leitura deste livro , pois tras fatos que ainda servem como referência para que nossa aviação possa não cometer os mesmos erros do passado e aproveitar as boas idéias que deram certo.

domingo, 6 de fevereiro de 2011

Lista de empresas de manutenção aeronáutica homologadas pela ANAC

É muito comum me perguntarem qual a grandeza do mercado de manutenção aeronáutica para os recém formados dos cursos de MMA. Costumo dizer que é imenso e as pessoas duvidam, pois não conseguem exergar nada além das companhias aéreas. Bem , para a área de manutenção há muitas outras empresas em que um mecânico pode atuar dentro de sua especialidade sem ser uma empresa aérea. No link www.anac.gov.br/certificacao/AvGeral/AIR145Bases.asp? você encontrará em ordem alfabética todas as empresas de manutenção aeronáutica homologadas segundo o RBHA 145.

Dúvidas para efetuar a inscrição na ANAC para realização de exames de MMA?

Se você já terminou o curso de formação de mecânico de manutenção de aeronaves e está com dúvidas de como proceder para realizar a sua inscrição junto a ANAC , acesse o link
www.anac.gov.br/habilitacao/exames.asp . Neste link você vai encontrar todas as informações necessárias para efetuar sua inscrição.

Escolas de Aviação Civil Homologadas

Pessoal, é muito importante que ao se inscrever em um curso de mecânico de manutenção aeronáutica vocês saibam se a escola é uma instituição homologada pela Agência Nacional de Aviação Civil -ANAC . Caso a escola não seja homologada o curso não terá validade e você ficará impossibilitado de fazer as provas na ANAC para a obtenção de CHT. Por isso, é sempre bom fazer uma consulta ao site da ANAC para veriifcar as condições de homologação da escola onde você está fazendo sua inscrição. Como fazer isso? É só acessar o site da ANAC www.anac.gov.br ou enviar e-mail para escolasdeaviacao@anac.gov.br solicitando informações sobre a escola .
Fiquem atentos e bom curso.