domingo, 2 de outubro de 2011

A aviação brasileira e seu crescimento.

No contexto mundial a aviação brasileira é vista como uma das que mais pode alavancar um crescimento econômico de uma região muito deseja pelos grandes investidores que é a América do Sul. Esta região do planeta tem um grande potencial econômico e possui também uma geografia que favorece a aviação, principalmente no Brasil.O problema é que a nossa aviação não consegue se firmar e, a falta de infraestrutura aeroportuária ,agrava ainda mais essa situação.Não precisa ser um grande estrategista para desenvolver uma política de crescimento sustentável para a aviação, mas é preciso encontrarmos políticos neste país que tenham os ideais em magnitude para alavancar esta atividade . Hoje no Brasil a aviação vem crescendo, mas é um crescimento heterogênio que surge em forma de grandes "bolsões", que tem a tendência de se romperem facilmente ao menor sinal de crise econômica mundial. Não há crescimento contínuo e coordenado. Algumas áreas deste setor de aviação crescem sem uma política definida e sem estratégia que atenda aos anseios nacionais e opior: sem políticas de educação que visem a formação de profissionais desse ramo.

Se falarmos em aeroportos percebemos que os mesmos não têm uma estrutura adequada para atender a demanda crescente de passageiros e cargas, como também ,não há projetos consistentes para a criação de novos aeroportos, existe sim projetos de revitalização dos aeroportos já existentes , mas isto só tem contribuido para o desperdício de dinheiro público sem alcançar melhorias consideráveis para nosso setor. Enquanto o governo gasta muito dinheiro nas reformas dos aeroportos, outras áreas da aviação ficam sem investimentos e, isto, faz com que não haja uma perspectiva de crescimento uniforme. O Brasil precisa de empreendedores brasileiros neste setor da econômia , mas para isso tem que desenvolver este espírito empreendedor em seus cidadãos. As escolas públicas e as universidades já deveriam ter um programa de formação bem avançado nessa área visando estimular esta atividade entre os brasileiros , mas o que vemos é cada vez mais surgindo instituições particulares para estes fins.


Por: José Carlos Fernandes Pereira


Este artigo terá continuação na próxima postagem.

Um comentário:

Jorge Barroco disse...

Boa professor isso sim e conteúdo, informação!!!!