sábado, 16 de janeiro de 2010

Voar com Segurança na WEBJET


Depois de uma longa semana de trabalho em Porto Alegre, na última sexta-feira dia 15/01, retornei ao Rio de Janeiro como de costume no voo da Webjet. O voo 6725 que estava previsto para decolar do aeroporto Salgado Filho ás 18:45 min teve um ligeiro atraso e só decolou ás 19 :05 min. Durante o taxiamento da aeronave já notei algo de diferente naquele voo, pois o speach dos procedimentos de emergência, que normalmente é feito de maneira robotizada pelos comissários em geral ( onde apenas há a leitura do speach), estava sendo feito pelo comissário de voo Ronald, de forma bem humorada e que chamava a atenção de todos. No primeiro instante confesso que não achei muito legal, pois descaracterizava um pouco a seriedade daquele momento tão importante do voo que é a informação sobre o que o passageiro deverá fazer caso haja algum problema durante a viagem , mas depois passei a perceber que, de certa forma, ele estava chamando mais a atenção dos passageiros para estas informações do que do jeito tradicional.

Durante o voo com destino a primeira escala em Curitiba tudo transcorreu normalmente. Após a decolagem de Curitiba também estava tudo muito bem e o comadante Mario Portman informava que o nosso voo até o Rio de Janeiro teria duração de 50 minutos e que o tempo na cidade era bom com temperatura de 30° C. Maravilhoso para uma sexta-feira após uma longa semana de trabalho e retornando para casa.

Tudo ia bem até a aproximação final, já com trem de pouso baixado, quando notei que algo não estava em sua normalidade, pois a aeronave iniciou o procedimento de arremetida e vi que o tempo lá fora não estava muito bom. Após alguns minutinhos o comandante nos informou que na aproximação teve início a uma forte chuva sobre a cidade do Rio de Janeiro e o aeroporto do Galeão e Santos Dumont haviam fechado para pouso e só reabririam após 1 ou 2 horas. Com isso a melhor ação a ser tomada era seguir o plano de voo e alternar para o aeroporto de Confins em Belo Horizonte. Nesse momento é que senti toda a diferença daquela tripulação, primeiramente a atuação do comandante que, pensando na segurança, não tentou enfrentar a situação de pousar a qualquer custo, depois a postura das comissárias e do comissário Ronald , que diga-se de passagem é um verdadeiro artista, e ele juntamente com a "Ronaldetes", que é como ele chama as comissárias de sua equipe, trabalharam muito bem, deixando todo mundo a vontade e sem aquele nervosismo que é característico de uma situação como essa onde muitos passageiros as vezes se desesperam e não entendem bem o que está acontecendo. Na aproximação para Confins o comissário Ronald deu show no speach personalizado ( com sotaque mineiro) deixando o ambiente descontraído onde a maioria dos passageiros davam boas gargalhadas com a criatividade do comissário em transmitir o speach, como por exemplo : -Srs. passageiros daqui um "cadim" estaremos chegando ao aeroporto de Confins "virge nosssssssa senhó..." com toda a segurança. "Despois nóis iremu retorná" para o Rio de Janeiro também com toda a segurança , que é nossa maior preocupação...

Claro que não consigo replicar aqui exatamente as palavras do comissário , mas é só para ilustrar que com criatividade e humor, uma situação que normalmente traria transtornos para todos acabou sendo bem divertida. Vejam vocês, o voo estava previsto chegar no Galeão inicialmente ás 21:40 e já eram quase 23:00hs e estavamos ali, em Confins, com a maioria dos passageiros sem demonstrar apreensão ou nervosismo. Isso fez parte de um trabalho em equipe que envolveu toda a tripulação de voo.

Após quase 6 horas de jornada dos passageiros desde a saída de Porto Alegre até a chegada ao aeroporto do Galeão ás 00:30min do dia 16/01, sem nenhum dano maior, todos os passageiros se sentiam satisfeitos por estarem bem e com a certeza de que estavam sendo transportados por profissionais da aviação que prezam pela segurança de voo que buscam a inovação para o bom atendimento. Ah esqueci de dizer que tivemos a bordo um show de música ao vivo proporcionado pelo comissário Ronald que cantou muito bem a música de Gonzaguina na chegada a Confins .

Parabéns a toda tripulação reponsável pelo voo da WEBJET 6725 do dia 15/01/2010.

4 comentários:

Ronald disse...

José fernandes, gostaria de te agradecer pelos elogios e dizer que realmente a minha intenção com esse tipo diferente de comportamento a bordo é exatamente pra deixar o voo mais "light" e ter uma empatia maior com os passageiros. Naquele momento tão difícil, nada melhor do que demonstrar total tranquilidade, não só eu, mas também o restante da tripulação, como você percebeu. Que bom que tenha atingido meu objetivo e espero revê-lo em outros voos da nossa webjet.
Grande abraço em meu nome e de toda aquela tripulação e tenha uma ótima semana.
Sinceramente,

Ronald pennaforte, comissário e artista rsrsrs

José Carlos Fernandes Pereira disse...

Valeu Ronald. Você e toda a sua equipe merecem os elogios recebidos.
Qualquer hora dessas nos encontramos no webCéu, no web boeing da webjet a caminho de webPOA.

Abçs.

Anônimo disse...

RONALD, VALEU FOI O MELHOR VOO QUE JA FIZ,GRANDE ABRAÇO, AQUELA FORMALIDADE NA APRESENTAÇÃO DOS ITEM DE SEGURAÇA É MUITO CHATA, VC TORNA BEM MAS DIVERTIDA, PODENTO MELHOR MUITO MAS, AO PASSAR PELO NORDESTE APRESENTE NA LINGUA DO NORDESTE, COMO ATACAR O CINTO ( SE AMARAR NA CADEIRA), ACENTO FLUTUANTE (O BANCO BOIA) ETC....

GRANDE ABRAÇO
CLECIO LUCENA
FORTALEZA CE

Ricardo Passinho disse...

To morrendo de vontade de voar com a web-jet. pra poder participar desse voo show ..vi todos os videos do you tube. Poxa quando é que o jô vai chamar essa figura .. Cara Parabéns .. vc tem um dom , não deisite dele
Abraços