quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Valeu a pena !


Muito bom o show aéreo apresentado no último dia 18 de outubro (domingo) no Campo dos Afonsos no Rio de Janeiro. O ponto culminante como sempre foi a impecável apresentação da magnífica Esquadrilha da Fumaça com suas acrobacias de tirar o fôlego.
Um grande público esteve presente ao evento em comemoração a semana da asa. Pela manhã, o dia parecia que ia ficar carregado de nuvens e chovendo, mas a partir das 10 horas da manhã o sol mostrou a cara e o dia ficou perfeito para os aviadores e para o público. Com muito sol ainda, às 16 horas, deu-se o início da apresentação da Esquadrilha da Fumaça que durante uma hora mexeu com a emoção daqueles que amam aaviação.Ao término da apresentação, já na última manobra, o céu parecendo sentir o final da apresentação começou a ficar carregado de nuvens novamente e foi como se estivesse confirmando que naquele dia o sol só apareceu por causa da nossa aviação brasileira.


Fotos: Alessandra Rainha

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Segurança na Aviação Civil

A ANAC lançou uma campanha que alerta pilotos , mecânicos , passageiros e proprietários de aeronaves particulares, agrícolas e de táxi aéreo para fatores que contribuem para a elevação dos níveis de segurança operacional. Serão divulgados cinco cartazes em aeródromos onde opera a aviação agrícola e geral , escolas e aeroclubes. Estes cartazes trazem dicas sobre planejamento de voo, manutenção, treinamento e reciclagem de pilotos, condições meteorologicas e táxi aéreo pirata (aeronaves particulares fazendo transporte público sem autorixação da ANAC, com o consentimento dos passageiros, e sem os requisitos necessários de segurança). O lema da campanha é " Segurança:depende de você".

Museu Aeroespacial -Show Aéreo

No próximo dia 18 de outubro (domingo) será exibido o tradicional show aéreo do Museu Aeroespacial do Rio de Janeiro, localizado no Campo dos Afonsos. Este evento anual e tradicional reune milhares de fãs da aviação civil e militar e, contempla a todos, com um show aéreo fascinante da Esquadrilha da Fumaça entre outras atrações como a exposição de raríssimos modelos de aeronaves antigas, exposição de helicópteros, equipe WingWalking ( balé aéreo) , etc.

Vale muito a pena levar as crianças , os pais, avós , amigos e vizinhos para apreciarem este evento que muito acrescenta ao conhecimento sobre a aviação.

O museu Aeroespacial fica na Av. Marechal Fontenelle,2000 no Campo dos Afonsos.

O tel para contato é 21-2108 -8954.

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Pedaço da História - Fábrica de aviões do Galeão- RJ

Poucos sabem , mas existiu sim uma fábrica de aviões onde hoje é o aeroporto internacional do Rio de Janeiro-Antonio Carlos Jobim, o Galeão.

Na década de 30 , quando a aviação estava em plena expansão pelo mundo, a companhia norte-americana Curtiss Wright Export Corporation , se mostrou interessada na construção de uma fábrica de aeronaves no Brasil e , para viabilizar esse empreendimento, foi criada uma comissão designada pelo Ministério da Viação e Obras Públicas, com a colaboração de representantes da aviação Naval e Militar para organizar as bases necessárias para a implantação de tal projeto. Essa iniciativa não logrou êxito , mas originou uma preocupação com a necessidade de implantar uma fábrica que pudesse suprir as aeronaves da Aviação Naval. A marinha já havia importado no período de 1927 a 1935 cento e quarenta e três aeronaves e destes cerca de 60 estavam parados por falta de manutenção.

Depois de ter enviado aos Estados Unidos um grupo de aviadores para negociar com as indústrias americanas a instalação de oficinas de manutenção aqui no Brasil, em 1938 foi lançada a pedra fundamental para a construção de uma estrutura de 19000 metros quadrados de área coberta na área do Galeão. Mas quem se interessou de fato por se instalar no Brasil foram os Alemães. Daí para fabricar o primeiro avião foi só questão de tempo e, tempo que passou rápido. Em 1939 já se fabricava o Focke Wulf-44, batizado no Brasil de "Colibri". Esse avião era o mais fabricado no mundo naquela época sob licença, ou seja, a fábrica alemã autorizava a construção dessas aeronaves em várias partes do mundo e, inclusive, com a transferência de tecnologia.

Em 1941 , com o surgimento do Ministério da Aeronáutica, o projeto alemão de construção de aeronaves no Brasil entrava em sua etapa final. Este ministério assumiu os ativos da Aviação Militar e da Aviação Naval ( Oficinas navais da Ilha do Galeão) que passaram a ser denominadas de Fábrica do Galeão. Para essa nova fase, o ministério recorreu aos Estados Unidos para poder prosseguir com a fabricação de aeronaves. O modelo selecionado foi o Fairchild M-62A Cornell mais conhecido como PT-19. Um primeiro lote de 20 aeronaves foram construídas com peças americanas e depois foram construídas mais 200 aeronaves desse tipo com componentes brasileiros.

Em 1952 chega ao fim a era de ouro da fabricação de aeronaves no Rio de Janeiro. Nesse período foram feitos apenas alguns testes e modificações no projeto original dos PT-19.

Mais informações acesse o fotolog do Terra no endereço:


http//fotolog.terra.com.br/ilhadogovernador:98


Fonte: A Crise da Industria Aéronáutica Brasileira: 1945-1968

De Roberto Portella Bertazzo

Universidade Federal de Juiz de Fora -2003


segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Conhecimento ao alcance de todos

No início do último mês de Setembro , a Biblioteca da ANAC passou a integrar a Comutação Bibliográfica (Comut). A rede que integra centenas de bibliotecas brasileiras e estrangeiras, permite através de serviços de informação nacionais e internacionais, a obtenção de cópias de documentos técnico-científicos disponíveis nos seus acervos, como periódicos, teses, anais de congressos, relatórios técnicos e partes de documentos. A rede Comut integra as maiores bibliotecas do Brasil – como a Biblioteca Nacional, as bibliotecas da FGV, da PUC-RJ e do Congresso Nacional, e do mundo – como a British Library (Inglaterra) e a Biblioteca Nacional de Espanha. As solicitações de material da ANAC podem ser feitas pelo e-mail biblioteca.sep@anac.gov.br ou pelos telefones (21) 3501 2870 ou (21) 3501 2871. Para conhecer o acervo da ANAC clique aqui

Fonte: Notícias ANAC edição 25/09/2009

sábado, 3 de outubro de 2009

Boeing forma mecânicos de manutenção na China

O Centro de Treinamento Técnico da Boeing em Xangai , China, formou em agosto último, 35 técnicos visando cumprir o início dos requisitos para atender a demanda de 3770 novas aeronaves que serão entregues nesse país ao longo dos próximo 20 anos. Este programa altamente bem sucedido , que começou no ano passado, já formou 93 técnicos que estarão na demanda de um mercado onde as horas de manutenção deverão crescer entre 8 a 10 por cento nos próximo 5 anos.
Paul Niles, gerente de programas de treinamento em Xangai,disse que o ambiente de aprendizagem estruturado no Centro de Treinamento técnico , não só ensina aos alunos os conhecimentos teóricos necessários para realizar o trabalho, mas inclui uma grande quantidade de treinamento prático . Niles disse ainda que os alunos aprendem muito também sobre como se comunicar em um ambiente de trabalho em equipe que é fundamental para as tarefas de manutenção de aeronaves.
Como se nota nessa matéria, a Boeing está um passo a frente na questão de formação de mecânicos. A preocupação com a perspectiva de um volume grande de vendas de aeronaves para a China faz com que estratégias de mercado sejam lançadas com bastante antecedência . Como a América do Sul tem ainda muitas aeronaves Boeing em operação, mas as novas aquisições para o futuro em nosso continente tendem a ser como opções a Airbus e Embraer , estes poderiam traçar estratégias semelhantes para a formação de mecânicos por aqui.
Fonte : Training & Flight Services FLIGHT PLAN october 2009