Simulados para a ANAC

Para aqueles que pretendem realizar estudos extras para preparação às provas da ANAC , indico uma visita ao blog do meu amigo Heinz http://hangardoheinz.blogspot.com/, pois há uma seção só de questões (simulados).

sábado, 8 de agosto de 2009

TCAS II -Traffic Alert and Collision Avoidance System


O que é o TCAS ?

Esta sigla significa Traffic Alert and Collision Avoidance System , ou seja, é um dispositivo instalado a bordo das aeronaves para evitar a colisão durante o vôo com outra aeronave .
O TCAS monitora o espaçoa aéreo em torno da aeronave em um raio de 40 milhas náuticas, emitindo avisos visuais e sonoros em caso de perigo de colisão e, o piloto, terá que tomar a ação recomendada por este equipamento para evitar o acidente. Quando uma aeronave entra no raio de ação do TCAS ele começa a monitorá-la enviando sinais eletrônicos de interrogação e baseado no tempo de resposta desse sinal ele emite as informações necessárias para que o piloto possa tomar as devidas ações. Como o sistema trabalha com as velocidades ( aproximação e afastamento), os avisos visuais e sonoros são emitidos em função de tempo para um provável conflito entre as aeronaves ( veja o ilustração acima). A área de atuação do TCAS se divide da seguinte forma : Caution Area ( de 35-45 segundos para um conflito) , Warning Area ( 20-30 segundos para um conflito) e Collision Area ( onde não há tempo para resposta e ação do piloto). Se uma aeronave entrar no espaço aéreo de outra equipada com TCAS e, esta estiver a cerca de 40 segundos para estar em conflito com essa aeronave, o TCAS irá emitir um aviso sonoro e visual chamado de Traffic Alert somente informando ao piloto que há uma aeronave intrusa próximo a ela e, o piloto, irá ver em um display, um símbolo de cor laranja e ouvirá uma mensagem de "Traffic, Traffic". Neste momento o piloto somente irá monitorar a situação e não fará nenhuma manobra com sua aeronave ainda. Se essa aeronave se aproximar e estiver a cerca de 30 segundos essa mensagem irá se alterar para um símbolo de cor vermelha com uma mensagem chamada de Resolution Advisory ordenando ao piloto qual a manobra que ele terá que fazer ( Climb -Subir ou Descend -Descer) . O piloto deverá obedecer a esses avisos sonoros para que a colisão não ocorra. Se as duas aeronaves em questão estiverem equipadas com o TCAS II , haverá uma manobra coordenada onde o TCAS de uma emitirá a mensagem para subir e o da outra a mensagem para descer evitando assim a colisão. Hoje, a maioria das aeronaves de medio e grande porte utiliza esse equipamento a bordo. Para se voar no Brasil e em algumas outras regiões do mundo , se torna obrigatório que a aeronave possua esse equipamento instalado. O problema é que para que o TCAS tenha plena capacidade de evitar uma colisão se torna necessário que os Transponders ( equipamento de altimetria ) estejam ligados , caso contrário acontecerá o que aconteceu no acidente de 2007 nos céus do Brasil entre um Boeing 737 da GOL e um Legacy da Embraer quando o transponder do Legacy estava desligado tornando essa aeronave completamente "invisível" para o TCAS da aeronave da GOL.

Esta imagem é uma montagem para se ter a sensação em um ambiente de cabine de um conflito de aeronaves sem aplicação do TCAS.Claro que, além do TCAS, há o controle de tráego aéreo que irá auxiliar para evitar esses conflitos, mas este serviço não tem a precisão do TCAS.
Isto é uma explicação bem resumida do funcionamento do TCAS e para maiores informações , caso haja o interesse, entre em contato através do e-mail josefernandesinst@gmail.com

Nenhum comentário: