Simulados para a ANAC

Para aqueles que pretendem realizar estudos extras para preparação às provas da ANAC , indico uma visita ao blog do meu amigo Heinz http://hangardoheinz.blogspot.com/, pois há uma seção só de questões (simulados).

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

DICAS SOBRE SISTEMAS DO B727


SISTEMA de AR CONDICIONADO

A fonte principal de ar comprimido para o sistema de pressurização e ar condicionado é obtida normalmente da sangria do 8º estágio do compressor.

Quando o fluxo de ar fornecido pela sangria do 8º estágio não for suficiente para suprir o consumo do sistema de ar condicionado, ele será complementado por ar sangrado do 13º estágio.


O motor 2 alimenta o sistema de ar condicionado somente através da sangria do seu 8º estágio. Este motor não possui intercambiador de calor e filtro de ar.
O ar sangrado do compressor dos motores 1 e 3 é dirigido para o intercambiador de calor e filtro de ar do sistema de cada motor e daí para o sistema de distribuição.

Entre a saída do intercambiador primário e a entrada do separador de água há um duto de derivação (by pass) que contorna a unidade de refrigeração (ACM). Neste duto há uma válvula operada pneumaticamente, controlada por um termostato regulado para 35° F ( 1.7°C), instalado no separador de água. A finalidade deste arranjo é proteger o sistema contra congelamento.
A válvula abre para adicionar ar morno no separador de água quando a temperatura do ar descarregado pela turbina de expansão cair abaixo do valor de regulagem do termostato.

No solo, a escolha do método para operar o sistema de refrigeração depende das exigências das cabines, das condições de temperatura do ar exterior e da quantidade de ar disponível para suprimento.

B727-100
Deve-se operar somente um sistema de refrigeração quando a temperatura do ar exterior estiver acima de 80° F (27.7° C) se o suprimento de ar for feito pelo APU ou por carro de força pneumática de capacidade equivalente. Se a temperatura do ar exterior estiver com valor superior ao mencionado acima, haverá grande necessidade de refrigerar o ar . Cada sistema de refrigeração exige um fluxo de ar de aproximadamente 80 a 88 lbs/min. Embora um fluxo ligeiramente menor seja suficiente para uma boa refrigeração, se o suprimento máximo do APU (108 Lb/min) for dividido entre os dois sistemas, a refrigeração cairá a um valor mínimo ou não será conseguida.

OBS: É permitido operar as duas Packs com o ar fornecido pelo APU quando a temperatura do ar exterior estiver abaixo de 80° F ( 27.7° C ).

B727-200

Nesta aeronave, quando em operação no solo, pode-se utilizar os dois Packs tendo como fonte pneumática o APU , pois existe um multiplicador de fluxo que entra em funcionamento sempre que , em solo , os dois Packs estiverem ligados. Quando o multiplicador de fluxo (FLOW MULTIPLIER) é acionado, ele incrementa cerca de 40 lbs /min ao sistema pneumático do APU.







sábado, 18 de outubro de 2008

Escolas de Formação de mecânicos de Manutenção Aeronáutica



Para iniciar a carreira de mecânico de manutenção aeronáutica e obter a licença da ANAC para exercer esta profissão é necessário primeiro concluir o curso de formação em uma escola homologada por essa agência. O curso de formação tem uma carga horária estipulada em 1014 horas e é necessário obter 70% de rendimento para ter direito a participar de prova organizada pela ANAC composta por 60 questões onde o candidato terá que acertar no mínimo 42 para conseguir a certificação. Após essa aprovação o candidato poderá trabalhar exercendo a função de Ajudante de Manutenção, durante 3 anos, em empresas de manutenção aeronáutica ou companhias aéreas onde, após esse período de experiência na atividade, terá o direito a pleitear o CHT (Certificado de Habilitação Técnca ) definitivo e daí então exercer a profissão como mecânico de Manutenção Aeronáutica.